Como não ser prejudicado pela nova legislação para Contact Centers?

Como não ser prejudicado pela nova legislação para Contact Centers?

Está por dentro das novas normas para call centers? Se não, cuidado, pois você corre o risco de irritar os consumidores e sofrer punições.

*Por Tiago Sanches

Você gosta de incomodar os clientes? Com certeza sua resposta é não! Claro, estou contigo nessa! Por isso, vale a pena reparar nos aspectos legais. Uma proposta aprovada pela Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados dá ao comprador o direito de não receber ligações telefônicas ou mensagens de texto com ofertas de produtos. Se seu contact center realiza esse tipo de serviço, fique atento!

Com o projeto, fica proibido efetuar um número superior a três chamadas, e-mails ou SMS por dia para o mesmo receptor. É para ficar de olho! O documento limita ainda o horário permitido de contatos com vendas: das 9h às 21h, em dias de semana e das 10h às 13h, aos sábados.

Diante da demanda, quem não tiver uma inovação capaz de auxiliar na atividade terá problemas e arcará com altas multas. Além disso, proporcionar uma boa experiência também traz bons resultados! Segundo pesquisa da Forrester Consulting, investir no tema faz as empresas reterem 1,7 vezes mais consumidores.

Plataformas digitais possibilitam estabelecer as barreiras da lei. Com o uso da tecnologia, pode-se impedir a execução de conexões com quem não as quer. A Black List, por exemplo, admite a incorporação das listas de telefones disponibilizadas pelo Procon, Anatel e demais órgãos regulamentadores.

Para evitar pesadelos processuais e perda de interessados, é vantajoso criar mecanismos para se adequar à nova legislação. Afinal, o cliente tem sempre razão!

*Tiago Sanches é gerente comercial da Total IP – Soluções e Robôs para Contact Centers.

Tags: , , , , , ,

Trackback from your site.

%d blogueiros gostam disto: