13-11-2018 | Revista E-Business

Movimentação do 13º salário anima setor de cobrança

População economicamente ativa utiliza benefício para consumir e pagar contas

(Fonte: Revista E-Business)

Diversos personagens da economia estão em expectativa quanto aos efeitos do 13º salário. Ao receber o pagamento, muita gente aproveita para fazer compras, investimentos e pagar dívidas atrasadas. Assim, um dos favorecidos pelo movimento é o ramo da recuperação de crédito. Os empresários do setor precisam se preparar a fim de aproveitar esse fluxo.

As parcelas do benefício normalmente são pagas nos dias 30 de novembro e 20 de dezembro. Dessa forma, o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – Dieese, estima a injeção de pelo menos R$ 200 bilhões na roda financeira. O valor representa aproximadamente 4% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

Segundo pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (ANEFAC), 86% dos brasileiros pretendem utilizar o dinheiro para quitar vencimentos. Com isso, o potencial do saldo espontâneo será de R$ 86 bilhões. Logo, as instituições do setor de cobrança precisam ficar atentas, pois o trabalho tende a aumentar.

“Devido ao saldo positivo dos trabalhadores nessa época, algumas companhias de restauração de capital chegam a reaver carteiras inteiras de contatos endividados. Portanto, é decisivo estabelecer estratégias para não perder essa janela”, explica Carlos Henrique Mencaci, presidente da Total IP – Soluções e Robôs para Contact Centers.

Com uma URA CPC – Contato com a Pessoa Certa, por exemplo, é possível disparar ligações automaticamente e ainda confirmar se é o devedor quem está falando do outro lado da linha. “Por meio da ferramenta, a operação economiza custos e ainda garante a quem está em débito a oportunidade de limpar seu nome”, finaliza Mencaci.

Tags: , , , ,

%d blogueiros gostam disto: