Por que o home office cresce tão devagar no Brasil?

Para 43%, principal motivo é o conservadorismo da direção

Diversas pesquisas já demonstraram os benefícios do home office para um colaborador, o principal deles sendo o equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Os empresários também não saem perdendo: economizam em vale transporte e custos fixos como água, luz e, em casos mais amplos, aluguel de salas. Se o resultado é tão positivo, por que essa modalidade de trabalho cresce tão devagar no Brasil?

Leia Mais

Como humanizar a cobrança?

Tecnologia adequada e treinamento para os operadores fazem a diferença

Recente pesquisa divulgada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), com 794 consumidores em todo o país, revelou algumas informações a respeito das estratégias de cobrança utilizadas pelas empresas para notificar os credores. Um dos dados mais alarmantes foi o fato de mais da metade se sentir constrangido (52,8%) com a abordagem dos negociadores. Como mudar o cenário e humanizar a cobrança?

Leia Mais

Como satisfazer todas as gerações no atendimento ao consumidor?

Equilíbrio entre humano e robô proporcionam experiência completa ao cliente

Em meio a um momento pautado pela política, o assunto “atendimento ao cliente” conseguiu cavar seu espaço e ser um dos destaques nos veículos nacionais nos últimos dias. A “culpada” é uma recente pesquisa divulgada pela Accenture, com o principal tema sendo a quantidade de dinheiro perdido pelas empresas por não atender bem seu consumidor. A dúvida parecer ser eterna: como satisfazer todas as gerações?

Leia Mais

Quais os maiores desafios no relacionamento com o consumidor?

Principais executivos do setor discutem comportamento e tecnologia

No dia 15 de março, foi comemorado o Dia Mundial do Consumidor. Nessa mesma data, em 1983, o então presidente norte-americano John Kennedy fez um discurso sobre os direitos de quem adquire um produto ou um serviço. De lá para cá, vários avanços foram realizados com o objetivo de fidelizar cada vez mais os clientes. Em tempo recentes, quais seriam os maiores desafios no relacionamento com o consumidor?

Leia Mais

Como melhorar o atendimento ao consumidor em meio à crise?

71% dos clientes têm dificuldade em falar com um atendente

Se o mercado econômico brasileiro fosse o mar, poderíamos definir nosso atual momento como uma “onda de surfista profissional”, longe de ser uma “marolinha”. No entanto, alguns mercados continuam crescendo em meio a tantas turbulências, como é o caso dos call centers. Apesar disso, o atendimento ao consumidor vai de mau a pior. Como manter a excelência no SAC em delicados períodos financeiros?

Leia Mais

Consumidor prefere reclamar pelo telefone

Canal foi o escolhido por 76,3%, seguido do e-mail com 46,2%

Satisfazer o cliente não é uma tarefa fácil. Por isso, empresas de todos os setores no país têm investido fortemente em tecnologia para estreitar o relacionamento com o seu público-alvo, oferecendo diversas possibilidades de comunicação. Com ferramentas como a Internet e as redes sociais, começar e terminar um processo de venda sem resquícios de insatisfação se tornou um desafio e tanto. Caso surja a necessidade de reclamação, qual seria o canal favorito do consumidor?

Leia Mais

Home office pode compensar retração de receitas nos call centers

Além da redução de custo, modelo traz aumento de produtividade

Em um ano onde se continua falando tanto de crise econômica, conter os gastos, aumentar a produtividade e manter a motivação da equipe é um grande desafio. Uma alternativa pode estar em um conceito amplamente divulgado a partir de 1980: o home office. O modelo, inclusive, pode ser adaptado para dentro dos call centers, um dos setores mais afetados pela nova realidade no país. Como a tecnologia pode ajudar a combater a situação?

Leia Mais

Home office aumenta produtividade em até 30%

Mesmo assim, maioria dos gestores ainda temem o modelo de trabalho

Apesar de estar em alta desde pequenas empresas a multinacionais no mundo todo, boa parte dos gestores brasileiros (51%) não adota o home office por receio de queda na produtividade. Essa foi a constatação de uma pesquisa realizada pela Total IP – líder em solução de voz e e-mail para contact centers. No entanto, qual seria o resultado dessa teoria na prática?

Leia Mais

O que esperar do mercado de contact centers em 2016?

Pesquisa revela dados positivos para o setor

Com o final do ano chegando, já começam as previsões a respeito do futuro econômico para o país em 2016. O setor de contact center, por exemplo, deve crescer apenas 4,62% em 2015, um pouco abaixo da projeção inicial de 5,07%, segundo levantamento da E-Consulting Corp. O que esperar desse mercado nos próximos 12 meses?

Leia Mais

Qual o maior receio das empresas em adotar o home office?

Maioria tem preocupação com a queda na produtividade

Trabalhar de casa traz diversos benefícios no ponto de vista do colaborador, como proporcionar um maior equilíbrio entre vida pessoal e profissional, por exemplo. No entanto, sob a ótica do empregador, quais seriam as maiores preocupações em adotar esse novo modelo de expediente? Para descobrir algumas tendências, a Total IP – líder em solução de voz e e-mail para contact centers, em parceria com a Abrarec, realizou a pesquisa “Qual o maior receio da sua empresa em adotar o home office?“.

Leia Mais